6 de jul de 2015

Espero que não seja dessa vez


Ele não perde a graça nunca. É isso. Por mais que eu conheça outras pessoas, experimente outros sabores ou encontre outro alguém, não tem jeito. Já vou dizendo que não, ele não é bonito e acrescento que também não é gostoso. Ele não perde o encanto e nem me enjoa, pensando bem, eu ficaria junto a ele pelo resto da vida se pudesse. Sempre tem aquela pessoa que tira a graça de todas as outras, que por mais que você tenha a mais incrível das experiências, nada se compara aos maravilhosos cinco minutos ao lado daquele. Tudo bem que quando estávamos indo bem, sempre vinha algo que nos afastava, mas no fim, a gente nunca resistia. Tudo bem que brigávamos muito, que tinhamos ciúmes, tudo bem que você me zoava a tarde inteira. Mas que graça teria se tudo fosse monótono? Nesse exato momento escrevo esse texto porque de novo, algo nos afastou, porque fomos infantis, porque fomos orgulhosos. Jurei que nunca mais choraria por alguém, mas na teoria é bem mais simples né? No momento, escrevo esse texto e me lamento de saudades, sabendo que um dia algo pode nos afastar de vez. Mas olha, espero que não seja dessa vez.
This entry was posted in

0 comentários:

Postar um comentário