23 de jul de 2015

Papo com alguém: Publicidade

HEY!! Bom, como a primeira entrevista do blog sobre psicologia foi um sucesso, eu não poderia deixar de fazer a segunda. Hoje com o papo é sobre publicidade, então eu resolvi convidar a Camila Jeronimo, que é publicitária, para participar desse post :D


Oi Camila, tudo bom? É ótimo estar com você aqui blog viu?!
Tudo ótimo, Sandy. Eu é que estou achando ótimo participar do seu cantinho!

Bom, você é publicitária e blogueira?
Sim, me formei em Publicidade em dezembro passado, já o blog nasceu na minha vida há 3 meses, sou um bebê nessa área ainda hahaha. Já vou confessando que minha experiência com Publicidade se resume ao contexto acadêmico da coisa, pois ainda não trabalho na área, mas acho que isso não muda muita coisa já que o curso é extremamente dinâmico e proporciona várias experiências reais do mercado de trabalho.

Publicidade lida muito com mídia, comunicação, pesquisa de opinião etc. Essa profissão te ajudou muito no blog?
Publicidade tem uma gama imensa de áreas de estudos e atuação, e definitivamente a blogosfera está dentro desse universo. Ela é bem abordada dentro da matriz curricular, principalmente quando o assunto é publicidade na internet, e foi dentro do curso que eu comecei a conhecer esse “mundo encantado” haha. Como eu já contei, comecei o meu blog há pouco tempo e sou completamente apaixonada por ele, mas antes de tentar colocar qualquer coisa na rede eu procurei conhecer mais sobre isso, conhecer pessoas que já estavam nessa área e como tudo funcionava (e ainda sei bem pouco de tudo). E essas minhas primeiras experiências vieram durante os 4 anos da minha formação, onde pude conhecer blogueiras e blogueiros que conseguiram realizar o grande sonho, viver do blog, e isso foi me inspirando durante todo o caminho, mas o medo de não ser bem recebida e não dar conta do recado eram muito grandes e foi só agora que eu resolvi criar coragem para começar o meu próprio cantinho. E estou muito feliz com isso!

Era um sonho seu fazer publicidade? Quando você parou e pensou "eu quero isso pra minha vida"?
Era meu sonho? Não. Quando eu pensei que queria isso pra minha vida? Nunca. A Publicidade veio parar na minha vida por um mero acaso do destino. Em 2010, no meu último ano do Ensino Médio, resolvi prestar o vestibular de uma faculdade aqui da região, sem pretensão nenhuma e somente pelo fato deles terem o curso de Jornalismo, o curso que eu havia escolhido desde a 8ª série. Eu não tinha lá muitas esperanças, mas eis que eu passo em 1º lugar, bolsa integral e um sonho virando realidade, isso até eu receber a notícia de que o curso de Jornalismo não abriria por falta de alunos. Assim, eles me ofereceram a vaga para Publicidade e eu, que não tinha condições de arcar com o Jornalismo em outro lugar, aceitei. Eu não tinha a menor ideia do que era “publicidade” e sou capaz de te jurar que cheguei para o primeiro dia de aula achando que ia aprender a fazer comerciais de TV (o que não deixa de ser verdade, mas não do jeito que eu imaginava) hahaha. E só posso dizer que me surpreendi com o curso, isso logo no primeiro ano e principalmente pelas áreas de criação. Sempre gostei de inventar, criar e escrever frases de efeito e a publicidade me proporcionou tudo isso. É claro que tem as partes mais difíceis para mim, como qualquer coisa que envolva photoshop e esses softwares todos (que são muito importantes, diga-se de passagem), mas num resumo geral posso dizer que não me arrependo nenhum pouco de ter sido “escolhida” pela Publicidade. Este é um mundo mágico onde tudo é possível e você só tem que saber o que faz de melhor.

Em algum momento você se decepcionou com a sua escolha? Por que?
Não, acho que não. Esses foram os 4 melhores anos da minha vida, posso dizer isso com certeza. Aprendi muita coisa e me descobri na publicidade, mas não dá para deixar de dizer que essa é uma área muito difícil para se trabalhar, principalmente em cidades pequenas como a minha. Não, não estou dizendo que é impossível, pois tenho vários amigos que estudavam comigo e já estão atuando na área, mas você tem que realmente querer e saber “nadar entre tubarões”. É um mercado pequeno e cheio de gente sem formação atuando e tirando oportunidade de quem faz o trabalho certo, mas ainda vale o esforço.

Até onde eu sei, publicidade envolve bastante fotografia. É isso mesmo? Alguém que cursa publicidade, pode ter uma certa "base" na área das fotos?
Envolve sim! O que eu mais vejo no curso é gente que acaba nele por causa da fotografia. É um caminho natural, já que a fotografia é bem presente tanto no curso quanto na vida profissional do publicitário. Eu tive poucas aulas de fotografia e a maioria delas bem teórica, mas isso varia de acordo com a pessoa/professor/faculdade.

É um trabalho estressante? Por que antes de pensar nas perguntas e tudo mais, eu pesquisei bastante haha e li muitos publicitários dizendo que é bem puxado e tudo mais...
Estressante? Muito! Mas qual trabalho não é? Tive uma ótima experiência real com o meu trabalho de conclusão (temido TCC), e vou te dizer que estive à ponto de arrancar os cabelos. Isso foi um cliente e com prazo de um ano, agora imagine 3 ou 4 com prazo de 15 dias? Já dá para imaginar um pouco hahah. Mas como eu disse, na publicidade existem várias áreas de atuação e cada uma delas tem o seu lado bom e ruim, não dá para julgar uma profissão inteira por alguns prazos curtos e alterações em cima da hora.

Bom, esse ano eu vou começar o curso técnico em publicidade e várias leitoras também podem estar no mesmo barco que eu. Que dica você daria pra nós?
A dica que eu dou para quem quer começar nessa área é: saiba se isso é o que você quer de verdade. Pesquise, converse com alguém que conheça um pouco mais, saiba o que é que faz um publicitário, isso é muito importante. Vi muitas pessoas desistirem do curso no 3º ano por descobrir que não era aquilo o que queriam. Faça alguma coisa pela qual você seja apaixonada, alguma coisa que te dê prazer mesmo nas horas ruins e isso vai te fazer feliz todos os dias. Já se decidiu, vai mesmo fazer publicidade? Ótimo, agora descubra no que você é boa. Criação? Planejamento? Atendimento? Mídia! Pois vou contar que não tem nada pior do que passar anos estudando sobre uma coisa sem nunca saber no que você é realmente boa. E no mais é só isso, a publicidade tem o dom de encantar as pessoas e fazer parte disse é uma coisa maravilhosa.

Camila, obrigada por topar fazer essa entrevista. Foi ótimo! Muito sucesso aí e um 2015 maravilhoso :-D
Ah, eu que agradeço pelo convite! Amei mesmo participar e falar um pouquinho desse curso que eu amo tanto. Sucesso para todos nós!


A Camila é uma fofa né? haha Espero que tenha sido útil pra vocês, qualquer dúvida é só mandar um email pra ela (camila.c.jeronimo@gmail.com) e é isso aí, beijinhos <3

4 comentários:

  1. Queria fazer publicidade, mas aí vem a questão da comunicação. Eu sou bastante tímido pessoalmente e inconsequentemente falo embolado, gaguejo, tenho chiliques to tipo ficar mexendo nos óculos direto e isso afetaria muito minha imagem profissionalmente. Estou decidido que farei veterinária por gostar também. Ótima entrevista, Sandy.

    http://www.pampilho-ordinario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que chato, mas isso você pode vencer. Na Internet deve ter ajuda à pessoas com esse problema. Faça o que você ame e não deixe que nada te impeça ;-) Que bom que gostou, beijos.

      Excluir