23 de jul de 2015

Uma carta para um amor que já se foi

    
    "Se foi." As duas únicas palavras que vinham em minha mente quando eu lembrava do que nós éramos. Meu meio amigo, meu meio amor. Era o que você era. Eu te dei minhas noites de sono, eu te dei os créditos do meu celular, dei até algumas amizades e dei também, meu coração. Você me deu suas palavras de promessa (que foram quebradas). Se foi.
    Eu era teu amor, tua mulher, tua namorada, tua companhia. Tua. Talvez você não se lembre, mas você costumava dizer que eu fui a melhor coisa que te aconteceu. Da boca pra fora, pensei. Não te mandei embora, você preferiu ir.
    Se foi porque quis, se quiser também vai voltar. Só não deixe pra voltar depois que eu arrumar toda bagunça que existe aqui dentro, volte enquanto há tempo, enquanto está tudo bagunçado mesmo, e aí a gente arruma junto.
This entry was posted in

6 comentários:

  1. Sandy, seu texto é tão a minha vida... Este "Se foi", que você descreve de maneira tão bela, é uma realidade dolorosa por aqui.
    Ele não voltará. :/
    Mas mesmo assim, não deixa de ser belo!

    Obrigada pelo presente de ler um texto tão lindo! :D

    Um beijo,

    Algumas Observações
    Minhas Literariedades
    Teoria, Prática e Aprendizado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico extremamente emocionada ao ver que um textinho meu causou um impacto tão grande em alguém, você não sabe o quanto eu fico feliz! Muito obrigada Fê <3

      Excluir
  2. Texto belo e tocante ♥

    http://gotasdecaffe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. adorei a postagem!!!

    keepclms2s2.blogspot.com

    ResponderExcluir